terça-feira, 30 de Setembro de 2014

back to normality

So basically, like I wrote in my last post, one thing is true: I love being busy and feeling like I am part of something. Having a lot of things to do, in my agenda, keeps me entertained and I've been really happy with what has been keeping me busy.

Nevertheless, I was watching television and it appeared a movie's trailer and I totally felt like I've been missing some sense of normality. I mean, I truly love what I'm doing, it has been completely crazy and super worthy but it's like a continuation of my Erasmus life and, therefore, it seems like as soon as I start my classes I will feel like I'm back to my normal life. This brings us to another question, my past life was boring and now I'm different and enjoying it in a new way, which ofc I want to continue like this.

Point being, although I love my non-reality life right now, I miss doing simple things like going to cinema. Like having a conversation, just wander around in a mall, have a quick meal and then get my ass fatter with popcorn.

Or maybe I just miss cinema and then, this post is completely useless (LOL).

sexta-feira, 26 de Setembro de 2014

Miss and Mister Caloiro 2014


Ontem tive o prazer ("prazer") de assistir à eleição da Miss e do Mister Caloiro na Mega Festa que teve lugar no Oriente.

Ora bem, por onde começar? Ah sim. Bem, eu tinha razão. No meu post gigante. Que escrevi há uns tempos atrás. Opá não me venham com merdas. No geral, as pessoas de 18 são acéfalas. E isso viu-se pela amostra dos candidatos ontem.

Eu que sou pouco susceptível, fiquei chocada imensas vezes. Não sei o que é pior, se a cultura extremamente sexualizada em que estamos hoje (e, therefore, dois caloiros a simularem sexo mais um que achou que a posição de quatro era a favorita de toda a gente e fez uma demonstração da mesma), se a falta de cérebro no que tocava a dizer umas pequenas palavras. Nem durante um mísero minuto eram capazes de dizer alguma coisa de jeito, articular umas palavrinhas mais compostas para além de "ya" e "bué".

É triste, só isso.

quinta-feira, 25 de Setembro de 2014

Percepções


Ultimamente tem-me acontecido isto bastantes vezes. Cada vez que alguém parece ter uma cara menos simpática para mim, penso imediatamente: pá, esta pessoa não gosta de mim. Não penso que se calhar a pessoa pode estar a ter um mau dia ou wtv. Não, o problema parece sempre ser meu.

Vamos ser sinceros. O problema não és tu, são eles, entendido Calipso Maria?

terça-feira, 23 de Setembro de 2014

Somewhere only we know


Depois de Erasmus sinto que algo muito forte mudou em mim. Antes já não era comodista mas qualquer traço presente foi agora dissipado. Agora é que sei o que quero da minha vida. Ou pelo menos, vá, acho que quero. O que é um bocado cansativo. Porque quero tudo e mais alguma coisa. A ambição sempre foi uma das minhas maiores qualidades mas quando penso no que quero e no que (ainda) tenho e no que me falta para chegar onde quero, quase que fico cansada

Mas uma coisa é certa: quero ir lá para fora. Portugal não me faz sentido anymore. Acho que consigo explorar o meu potencial mais facilmente lá fora do que cá dentro. Acho que lá fora conseguirei ser melhor e melhor, Portugal já se tornou demasiado pequenino para mim. Por ora, é aproveitar todas as oportunidades que tenho de explorar o Mundo e mais tarde logo se verá.

Factos sobre mim #1


Não consigo estar quieta durante muito tempo (seja no sofá, seja relativamente à vida, o estar sem projectos ou coisas para fazer).